O que é a Luz ?

Imagem

O que é a Luz ?

 

Muitas vezes sentimo-nos desorientados. Sem rumo. Como se nada no mundo fizesse sentido. Até o mais pequenos dos problemas parece gigantesco, e muitas vezes temos vontade de desistir, e temos pensamentos destrutivos, como se de repente a nossa vida não tivesse valor. Deixamos que os nervos se exaltem, que o stress aumente, vivemos em estados de receio, medo e até pânico. Desvalorizamos tudo em nossa volta e o tempo escapa pelas pontas dos dedos, como se fosse efémero. As vezes é falta de crença, de ter poder em acreditar em algo, de ter uma fé forte e poderosa que nos faz mover deste estado de letargia e apatia. Já todos ouvimos falar da “Luz”. Seja vagamente, de forma não muito explicita ou até com uma explicação mais directa, o que é de facto esta “Luz” de que se fala e já ouvimos aqui e acolá? A Luz é a nossa força humana interior. É a nossa essência pessoal. É como se tivessemos uma lampâda interior que é o reflexo da soma de tudo o que somos. Somos a soma de tudo o que tivemos nesta vida, todas as experiências, histórias, acontecimentos positivos e negativos. A intensidade da nossa Luz interior é de acordo com as nossas perspectivas pessoais. A Luz é tudo aquilo que faz parte da nossa identidade, é aquilo que nos inspira para a vida, é o combustível que alimenta as vertentes da vida como a nossa auto-confiança para sermos melhores, o entusiasmo de vivermos pela vida, a alegria de espalharmos o que de bom sentimos para os outros, a coragem de arriscar em algo que outrora teriamos receio. Se nos sentimos tristes ou deprimidos, é porque a nossa Luz está num nível muito baixo. Há coisas que nos impedem de brilhar intensamente. Um emprego onde não sentimos que os nossos talentos são aproveitados ( E sim, cada um de nós tem sempre um talento ), uma relação que nos deixa estagnados e num beco sem saída, cedermos a vícios que não nos são benéficos, apesar de nós sabermos disso, entre outras tantas coisas. A Luz não se ilumina por si mesma. Quem lhe disser isso, não está a ser verdadeiro. E não vai ser um caminho fácil, mas é possível. Acreditando no nosso poder interior, tudo é possível, até mesmo que lhe digam o contrário. Nesta caminhada só podemos contar com a nossa pessoa. Apoiarmos noutra pessoa ou na força de uma determinação situação só irá ajudar a criar dependências e nós temos de ser autónomos por nós mesmos. Marque um dia no calendário, faça esse dia, o seu dia de mudança, o dia em que vai abraçar a Luz. Não precisa de fazer já amanhã, pode ser daqui a uma semana, mas faça. Não deixe que nada desvie ou distraia desta opção, deste caminho que irá percorrer. Todo o ser humano, por mais impossível que até possa parecer, tem dentro de si, todas as ferramentas para a felicidade. Só que nós, como seres imperfeitos que somos, caimos no erro de dar valor, ao que não tem tanto valor. Se o dinheiro faz falta ? Faz, mas não podemos viver como escravos psicológicos do mesmo, pois saber desapegar tanto do dinheiro como dos bens materiais, só irão abrir a nossa mente a uma diversidade de oportunidades. Se faz falta determinada pessoa na nossa vida ? Até pode fazer, mas tudo tem o seu equilíbrio. Não podemos viver subjugados, dependentes ou obcecados por alguém. Amar é parte da vida, é um factor que aumenta a nossa Luz, mas como tudo na vida, o meio termo é sempre o mais apetecível. Não temos de nos anular, ou deixar de ser quem somos e o que somos só para agradar alguém, pois o amor em que somos aceites incondicionalmente pelo que somos é o amor mais puro e original. Não quer dizer que abdiquemos de querermos o melhor para a outra pessoa, desde que tal não fala com que desvalorizemos quem somos e para onde vamos. Acreditar na Luz, que é como uma energia infinita e inesgotável, é acreditar no lado mais positivo da vida, em algo que nos envolve e preenche por dentro e que faz com que andemos em frente, rumo à evolução pessoal e social. Por isso, se sentir uma sombra, uma penumbra, lute contra essa sombria presença. Ama-se a si mesmo e acredite num novo mundo. Porque é nesse novo mundo que está tudo aquilo que sempre quis. E quem entra nesse novo mundo consciente de si mesmo, jamais abandonara tal paraíso.

Fonte: Paulo César

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s