TAO – A Sabedoria do Silêncio Interno

4e19c5ddb90d5a7f48587aed5a8b08c8

Pense no que vai dizer antes de abrir a boca. Seja breve e preciso, já que cada vez que deixa sair uma palavra, deixa sair uma parte do seu Chi (energia). Assim, aprenderá a desenvolver a arte de falar sem perder energia.

Nunca faça promessas que não possa cumprir. Não se queixe, nem utilize palavras que projectem imagens negativas, porque se reproduzirá ao seu redor tudo o que tenha fabricado com as suas palavras carregadas de Chi.

Se não tem nada de bom, verdadeiro e útil a dizer, é melhor não dizer nada. Aprenda a ser como um espelho: observe e reflicta a energia. O Universo é o melhor exemplo de um espelho que a natureza nos deu, porque aceita, sem condições, os nossos pensamentos, emoções, palavras e acções, e envia-nos o reflexo da nossa própria energia através das diferentes circunstâncias que se apresentam nas nossas vidas.

Se se identifica com o êxito, terá êxito. Se se identifica com o fracasso, terá fracasso. Assim, podemos observar que as circunstâncias que vivemos são simplesmente manifestações externas do conteúdo da nossa conversa interna. Aprenda a ser como o universo, escutando e reflectindo a energia sem emoções densas e sem preconceitos.

Porque, sendo como um espelho, com o poder mental tranquilo e em silêncio, sem lhe dar oportunidade de se impor com as suas opiniões pessoais, e evitando reacções emocionais excessivas, tem oportunidade de uma comunicação sincera e fluída.

Não se dê demasiada importância, e seja humilde, pois quanto mais se mostra superior, inteligente e prepotente, mais se torna prisioneiro da sua própria imagem e vive num mundo de tensão e ilusões. Seja discreto, preserve a sua vida íntima. Desta forma libertar-se-á da opinião dos outros e terá uma vida tranquila e benevolente invisível, misteriosa, indefinível, insondável como o TAO.

Não entre em competição com os demais, a terra que nos nutre dá-nos o necessário. Ajude o próximo a perceber as suas próprias virtudes e qualidades, a brilhar. O espírito competitivo faz com que o ego cresça e, inevitavelmente, crie conflitos. Tenha confiança em si mesmo. Preserve a sua paz interior, evitando entrar na provação e nas trapaças dos outros. Não se comprometa facilmente, agindo de maneira precipitada, sem ter consciência profunda da situação.

Tenha um momento de silêncio interno para considerar tudo que se apresenta e só então tome uma decisão. Assim desenvolverá a confiança em si mesmo e a Sabedoria. Se realmente há algo que não sabe, ou para que não tenha resposta, aceite o fato. Não saber é muito incómodo para o ego, porque ele gosta de saber tudo, ter sempre razão e dar a sua opinião muito pessoal. Mas, na realidade, o ego nada sabe, simplesmente faz acreditar que sabe.

Evite julgar ou criticar. O TAO é imparcial nos seus juízos: não critica ninguém, tem uma compaixão infinita e não conhece a dualidade. Cada vez que julga alguém, a única coisa que faz é expressar a sua opinião pessoal, e isso é uma perda de energia, é puro ruído. Julgar é uma maneira de esconder as nossas próprias fraquezas.

O Sábio tolera tudo sem dizer uma palavra. Tudo o que o incomoda nos outros é uma projecção do que não venceu em si mesmo. Deixe que cada um resolva os seus problemas e concentre a sua energia na sua própria vida. Ocupe-se de si mesmo, não se defenda. Quando tenta defender-se, está a dar demasiada importância às palavras dos outros, a dar mais força à agressão deles.

Se aceita não se defender, mostra que as opiniões dos demais não o afectam, que são simplesmente opiniões, e que não necessita de os convencer para ser feliz. O seu silêncio interno torna-o impassível. Faça uso regular do silêncio para educar o seu ego, que tem o mau costume de falar o tempo todo.

Pratique a arte de não falar. Tome algumas horas para se abster de falar. Este é um exercício excelente para conhecer e aprender o universo do TAO ilimitado, em vez de tentar explicar o que é o TAO. Progressivamente desenvolverá a arte de falar sem falar, e a sua verdadeira natureza interna substituirá a sua personalidade artificial, deixando aparecer a luz do seu coração e o poder da sabedoria do silêncio.

Graças a essa força, atrairá para si tudo o que necessita para a sua própria realização e completa libertação. Porém, tem que ter cuidado para que o ego não se infiltre… O Poder permanece quando o ego se mantém tranquilo e em silêncio. Se o ego se impõe e abusa desse Poder, este converter-se-á num veneno, que o envenenará rapidamente.

Fique em silêncio, cultive o seu próprio poder interno. Respeite a vida de tudo o que existe no mundo. Não force, manipule ou controle o próximo. Converta-se no seu próprio Mestre e deixe os demais serem o que têm a capacidade de ser. Por outras palavras, viva seguindo a via sagrada do TAO.

(Texto Taoísta)

Advertisements

177 thoughts on “TAO – A Sabedoria do Silêncio Interno

  1. Sigo estes ensinamentos ja faz algum tempo, as vezes as pessoas falam que sou muito calado ou nao gosto de conversar. Na verdade estou em outro lugar quando existe conversa sem qualidade como fofocas ou julgamento. No serviço ou em reuniões de familia nao gasto meu cérebro com assuntos desnecessário, prefiro pensar em coisad boas da vida e observar tudo de magnifico que este universo nos traz. Como o ceu e a terra as plantas, enfim todo ser vivo. E durante a noite medito mais uma vez para tentar uma viagem astral, viajo em ooutros mundos e durante algumas horas que parecem dias faz com que renove minha energia e permaneça neste mundo louco.

    Liked by 1 person

    • Olá Marcelo, sei bem como é essa sua atitude. Eu também tento me posicionar da mesma forma no meu trabalho e quando não me envolvo em fofocas ou outros assuntos que não vão acrescentar nada para ninguém, as pessoas me estranham e dizem que sou muito calada e tímida. Quando não estimulo comentários maldosos à respeito de alguém, tentando não dar mais força ao mal, eles me chamam de boba e ingênua. Prefiro ser assim, pois sinto paz em meu coração e minha vida se torna mais leve. Muita paz pra você!

      Liked by 1 person

    • Adorei o que o Marcelo escreveu , eu tmb sou assim tal e qual, tmb faço viagens astrais nas quais me tenho encontrado com seres muito interessantes, tenho aprendido muito nessas viagens , agradeço suas palavras lindas.

      Gostar

    • Que lindo…Marcelo… Vivemos num mundo conflitante..mas vc contribui para que a harmonia possa se a energia predominante.mesmo que não seja agora, …deixe que o critiquem ou não intendam a suas escolhas conscientes um dia eles vão entender.. namaste.. 🙂

      Gostar

    • Olá,

      Depois que lir esse texto não paro de pensar nele, eu sou completamente oposto, deixo me envolver até tento não falar nada mas acabo me envolvendo e depois me arrependo.
      Enfim todo dia eu leio para a ter eu decorar, eu adorei para que foi escrito pra mim.

      Abraço

      Gostar

  2. Pingback: TAO – A Sabedoria do Silêncio Interno / Taoism – The Wisdom of Internal Silence | Reiki e Kabbalah

  3. Pingback: – root@injetionsec:~# » Textos para Leitura

  4. Pingback: TAO – A Sabedoria do Silêncio Interno – Na Trilha do Despertar

  5. Procuro seguir esse estilo de vida, como.sou muito comunicativa, torna-se muito difícil não externar algumas considerações, principalmente em uma família grande como a minha . Quando fico . calada em alguma situação estranham. Mas estou tentando ser uma pessoa menos falatória, sei.nem.se existe essa palavra. Mas sou. Gostei muito do texto.

    Gostar

    • Vilmar, sou como você, mas já vinha refletindo sobre os prejuízos desse estilo.. O texto me impulsinou no sentido de dar eferividade ao que instintivamente eu já sentia não ser o mais adequado para mim. Espero que o mesmo tenha ocorrido com vc e que vc consigar atingir ao seu objetivo. Namastê

      Gostar

  6. E como agir, então, quando não concordamos com algo que é dito ou feito junto de nós e que nos envolve? Não será hipócrita ficar em silêncio e deixar que todos acreditem que a situação nos é indiferente quando isso não é assim? Esse silêncio não irá criar, isso sim, distanciamento dos demais e não proporcionar fluxo e comunicação? Fazer os outros saber das nossas opiniões e posições pessoais é muito importante para atrair pessoas com que conseguimos relacionar-nos bem e para que as que já convivem connosco saibam com o que contar e não esperem de nós coisas que não podemos nem queremos dar. Creio que assim as tensões serão menores e viveremos uma vida mais verdadeira e confortável. Não devemos ser politica e socialmente conscientes e ter as nossas opiniões? Não devemos estar informados e agir de forma coerente com uma ideia de um mundo melhor? Devemos ficar indiferentes perante o sofrimento e opressão? Concordo e pratico, na maioria das vezes, tudo o que é dito no texto, mas por experiência própria sei que não pode nem deve ser sempre assim… Essa é apenas a minha humilde opinião… 🙂

    Gostar

  7. Marcelo docilmente observa: O pensamento apresentado é o correto, preciso de forças ingentes, para distinguir o momento de ouvir e o momento de falar. A força Cósmica, e nunca Eu é que saberá dizer a resposta,(quando, como e porque), portanto o importante é meditar antes de cada opinião.

    Gostar

  8. Pingback: TAO – A Sabedoria do Silêncio Interno | https://marshallrego.blogspot.com.br/

  9. Pingback: TAO – A Sabedoria do Silêncio Interno – Iana Landim

  10. Excelente texto, na verdade esse texto diz muito sobre minha personalidade. Sempre fui bastante quieta, assim como meu pai…..e a grande maioria do que descreve este texto aprendi naturalmente, mas claro, muitas outras venho apreendendo com a vida, e assim, vendo que vale muito mais a pena ser mais calada mesmo. Já ouvi e ouço muitas criticas por ser tão quieta, já que, dependendo de cada país e cultura a pessoa extrovertida tem mais vantagens ou é melhor visto. Busco constantemente a espiritualidade, e senso assim quieta sinto isso com muito mais força internamente. Grande abraço.

    Gostar

  11. Adorei este texto, preciso silenciar minha mente, tenho procurado me retirar um pouco dos comentarios alheios, qiue hoje não me interesso mais…Sinto que o barulho externo me pertuba, porém, ainda não aprendi como silenciar mentalmente! Gostaria de maiores esclarecimentos sobre melhor forma para uma meditação? Gratidão,Gratidão!!!

    Gostar

  12. o meu trabalho de final do curso de tradução Inglês/Francês no 5º ano foi The Way Behind the West e eu traduzi como O Caminho para lá do Ocidente de Allan Watts.Tive que ler muitos livros de budismo, Confesso que tenho de rever tudo, Vale a pena.

    Gostar

  13. Bom dia..

    Tive o privilégio de conhecer o tao ontem e me identifiquei muito… estou tendo reflexões muito profundas e espero melhorar como pessoa pensando no próximo sempre.

    Gostar

  14. Pingback: TAO – A Sabedoria do Silêncio Interno – Foras de Órbita

  15. Um belo texto vou salvar para ler mais tarde pois achei muito interessante, nesse mundo louco em que agente vive é preciso sempre manter o equilíbrio sempre.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s