Ioga para fazer na cama, no banho, no escritório e no trânsito

Ioga não é só a posição de lótus e as saudações ao sol. Com a ajuda de Bruno Reis, mostramos-lhe vários exercícios simples que podem ser inseridos no seu quotidiano e que lhe vão salvar o dia.

81795693_770x433_acf_cropped

Na era dos iPhones, dos e-mails, do Google e do Facebook, fomos perdendo o ritmo natural do corpo porque, sem querer, estamos constantemente conectados. Nunca paramos, mas a verdade é que o nosso corpo precisa de pequenas pausas durante o dia para repor energias. É exactamente aqui que o ioga entra. Calma, não se vai pôr a fazer a posição de lótus no meio do escritório. Bruno Reis, instrutor de ioga há 10 anos e autor do livro Um Chá, Torradas e Yoga, deu-nos alguns exercícios para iniciantes, que duram entre um a cinco minutos e vão salvar-lhe o dia. Porquê? Porque podem ser feitos na cama, no banho ou a meio da manhã, quando já está com a cabeça a tombar na secretária, e vão melhorar a postura, o sono, a concentração, e fazer um refresh ao corpo e à mente.

Exercícios para acordar melhor

O despertador toca e nem consegue abrir os olhos? De barriga para cima, levante os braços, entrelace as mãos e vire-as para cima para esticar, espreguiçar e acordar o corpo, aproximando os ombros das orelhas. Depois faça uma torção — ombros bem assentes na cama, braços esticados, palmas da mão para baixo, cabeça para o lado esquerdo e dobre a perna esquerda para o lado direito e toque com o pé no joelho direito. Faça força para descer o joelho e repita para o outro lado. Está pronto para se levantar da cama.

Para purificar o corpo durante o banho

Além de limpar o corpo, também se pode limpar a mente com ioga durante o banho. Enquanto estiver no duche, faça várias respirações nasais rápidas, sucessivas e ruidosas. Mantenha o corpo descontraído e deixe que só o abdómen faça movimento ao contrair-se. Quando já se estiver a ensaboar, mantenha a respiração nasal lenta, profunda e silenciosa. Estique os braços, entrelace as mãos e levante os calcanhares, mantendo-se nesta posição pelo menos durante duas respirações profundas. Lembre-se: respire sempre pelo nariz.

Para relaxar no trânsito

Se aprender a respirar bem, vai conseguir conquistar um maior grau de descontracção. Assim, sentado no carro (e quem diz carro, diz autocarro, comboio…) a regra é: ar para dentro, barriga para fora; ar para fora, barriga para dentro. Inspire e dilate o abdómen, retenha o ar alguns momentos e solte o ar até contrair o abdómen. A respiração será sempre pelo nariz, lenta, profunda e silenciosa. Faça algumas vezes e vai sentir-se a descontrair. Simples, não é?

Na pausa para fumar um cigarro

A pausa do cigarro ou do café são, simbolicamente, momentos para relaxar e regressar com mais ânimo ao trabalho. A sugestão de Bruno Reis é trocar uma das pausas que faz para o cigarro ou para o café por um momento de qualidade para respirar e fazer um exercício de ioga. Tape a narina direita e inspire pela narina esquerda até encher completamente os pulmões de ar. Depois, tape a narina esquerda e expire pela direita até esvaziar todo o ar dos pulmões. Continue a respirar, alternando entre as narinas.

Para “acordar” ao computador

Quantas vezes, a meio da manhã ou depois de almoço, dá por si com a cabeça a tombar e os olhos a quererem fechar? Após algum tempo em frente ao computador, sentado numa cadeira (a posição mais antinatura para o nosso corpo), as costas e a cabeça começam a ressentir-se e a sua produtividade também diminui. É a altura para revitalizar o corpo. Tombe a cabeça para trás e comece a girá-la, primeiro para o lado esquerdo e depois para o direito. De seguida, com a cabeça tombada para trás, inspire e levante os ombros na direcção das orelhas. Expire, soltando os ombros e trazendo a cabeça no prolongamento da coluna. Já com a cabeça direita, levante os ombros em direcção às orelhas e rode-os para trás em movimentos circulares. Faça o mesmo para a frente (e sim, é normal que ouça os ossos a estalar). Pode fazer também um outro exercício: entrelace as mãos e eleve-as acima da cabeça com os braços esticados. Depois, vire as palmas das mãos para cima e suba os ombros o máximo que conseguir, tocando nas orelhas. Por fim, as costas: sente-se com o tronco direito, agarre com a mão esquerda a coxa direita, de maneira a deixar o braço esticado e rode o corpo nessa direcção. Ao mesmo tempo, o braço direito deverá passar por trás das costas da cadeira e agarrá-las no ponto mais distante do lado oposto. Quando expirar, torça o tronco virando também a cabeça e o ombro para o lado direito e sinta a torção da base da coluna até ao pescoço. Repita para o outro lado.

Para relaxar quando chega a casa

Depois de um dia de trabalho intenso, chega a casa e só quer relaxar. E o ioga pode entrar novamente na sua vida. Descalço e de pé, toque com o dedo grande do pé esquerdo no tornozelo direito, virando o joelho esquerdo o máximo que conseguir. Entrelace as mãos e eleve-as acima da cabeça com os braços esticados. Tente manter o equilíbrio  e respire lentamente. Repita o mesmo com o outro pé.

Para dormir melhor

Deitado na cama, numa posição confortável, respire de forma lenta, profunda e silenciosa, sempre pelo nariz. Em cada ciclo respiratório torne as expirações ainda mais suaves e lentas. Repita esta respiração quantas vezes achar necessário e tente desfrutar e concentrar os seus pensamentos apenas na respiração. Para dormir melhor, Bruno Reis aconselha ainda beber um chá antes de dormir (para aquecer o corpo), deitar-se com o estômago leve, não se preocupar com o número de horas que vai dormir porque isso vai prejudicar a intensidade do descanso e desligar-se do mundo, pelo menos, meia hora antes (o que inclui pôr no off televisão, música, telefone, internet e computador).

Mais do que fazer estes exercícios correctamente, Bruno Reis explica que o importante é retirar daqui algum prazer. Leve-os na brincadeira, divirta-se e deixe-se ir pelas sensações que estes exercícios lhe trazem sem pensar se a técnica corporal está certa. A ideia é fazer estas pausas para revitalizar, aliviar as tensões acumuladas e refrescar o corpo e a mente.

Originalmente publicado no Observador

Advertisements

One thought on “Ioga para fazer na cama, no banho, no escritório e no trânsito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s