Compreender os nossos actos para libertar o nosso espírito, com «Karma»

5873956907_1f0597599e.jpg

O que é, o que não é e porque é que importa o Karma são três perguntas que são muitas vezes colocadas e às quais são respondidas em «Karma», o novo livro da editora Pergaminho, que chegou hoje às livrarias, da autoria de Traleg Kyabgon.

Para aqueles que se interessam pelos temas da espiritualidade, Traleg Kyabgon Rinpoche é um nome já há muito conhecido. Trata-se, pois, de um dos mais importantes mestres tibetanos do dharma a estabelecer-se no Ocidente.

Porém, para aqueles que vão contactar com este tema pela primeira vez, este livro é altamente abrangente e transversal para todos os interessados sobre a origem da teoria do karma.

Este foi o último livro escrito por Traleg Kyabgon Rinpoche, que morreu em 2012.

Em Karma, o autor faz uma análise extensiva do karma e dos temas com ele relacionados, como o vazio, a natureza do eu, a morte e o renascimento. Traleg Kyabgon explica com clareza como o processo do karma é dinâmico, a forma como opera dentro de uma teia complexa, que interliga e afecta todas as coisas no universo, tanto seres vivos como seres inanimados.

Este é um livro surpreendentemente refrescante e transparente sobre o que é realmente o karma para os budistas.

«A teoria kármica é incrivelmente profunda, mas, infelizmente, devido às filosofias New Age prevalecentes nos dias de hoje, muitas pessoas inteligentes não a levam muito a sério», afirma o autor.

Através dos 10 capítulos deste livro, que começa nas origens do conceito de karma e termina com cuidar do karma, Traleg Kyabgon apresenta o karma de uma forma
filosoficamente sólida, desprovida de algumas das concepções erróneas dominantes a seu respeito.

Um tema de interesse relevante que segue a filosofia budista no sentido de libertar o espírito, transformar o pensamento e a vida de forma individual.

Sinopse
Os ensinamentos de Buda sobre o karma (que significa «ação») são, simplesmente, uma visão do mundo e da ação humana baseada na compaixão: os nossos pensamentos e actos determinam o nosso futuro, o que significa que somos os principais responsáveis por aquilo que nos acontece – tanto na vida presente como em vidas futuras. Contudo, estes ensinamentos éticos, de suprema utilidade prática e espiritual, tendem a ser alvo de mal-entendidos na cultura ocidental, sobretudo devido a simplificações divulgadas na cultura popular e new age que parecem reduzir o karma a um sistema mais ou menos fixo de castigos e recompensas divinos.

Traleg Kyabgon, monge budista e autor de diversos livros de referência sobre este sistema filosófico, demonstra ao longo destas páginas que o karma não tem nada de simples ou de simplista; na verdade, o karma consiste num mecanismo de acções e reacções que podem gerar o sofrimento – ou o fim do sofrimento. A escolha, contudo, reside sempre na consciência humana.

«Karma» é um livro indispensável para compreender uma das pedras-de-toque do pensamento budista, numa perspectiva séria e prática, e a sua capacidade de transformar o nosso pensamento e a nossa vida.

SOBRE O AUTOR
Traleg Kyabgon nasceu no leste do Tibete e foi educado por alguns dos grandes mestres das quatro principais linhas budistas tibetanas. Fundou vários centros de estudo na Austrália, Europa e nos EUA, e foi professor em diversas universidades em todo o mundo. É autor de vários livros sobre budismo dirigidos a leitores ocidentais.

Anúncios

2 thoughts on “Compreender os nossos actos para libertar o nosso espírito, com «Karma»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s