A meditação pode renovar o seu cérebro em 8 semanas

meditacao-dicas-tricurioso.jpg

A meditação pode transformar os nossos cérebros em 8 semanas. As áreas que ela parece modificar são aquelas relacionadas à memória, à empatia e ao stress, assim como as encarregadas pela atenção e pela integração emocional.

Isto não é conversa de um grupo de fãs ou de amantes da pseudociência, mas sim de uma equipa de investigadores do Hospital Geral de Massachusetts que documentou as conclusões.

Esta pesquisa foi publicada na revista Psychiatric Research, e colocou em prática um programa de meditação de oito semanas a partir do qual se pretendia medir os benefícios da meditação sobre as emoções, as condutas e os pensamentos.

As mudanças cerebrais que a meditação proporciona

Embora saibamos que são muitos os benefícios da meditação, até o momento não havia sido constatado que as mudanças ocorriam tão rapidamente e, muito menos, que o seu alcance fosse tão grande.

Sabe-se que a meditação provoca modificações nas regiões cerebrais que estão relacionadas com a memória, a consciência de si, a empatia e o stress. Ou seja, aquilo que entendemos como nuances de espiritualidade realmente melhora o nosso estado de saúde física e mental.

Quando alguém medita, não apenas se sente melhor porque relaxa, mas também porque a estrutura do seu cérebro modifica suas conexões com habilidade. Aparentemente não é preciso ser um especialista em meditação para aproveitar os seus benefícios e sentir um aumento na capacidade de integração emocional e de atenção.

De facto, os participantes da pesquisa passaram apenas 27 minutos todos os dias praticando os exercícios de meditação. Foram necessárias apenas 8 semanas para observar modificações cerebrais como o aumento da densidade de matéria cinzenta do hipocampo (zona relacionada à memória) e em outras áreas relacionadas à consciência de si, à compaixão e à introspecção.

Além disso também se observou uma diminuição na densidade da amígdala, estrutura responsável pelos estados emocionais como o stress, a ansiedade e o medo. Ou seja, graças à plasticidade dos nossos cérebros, temos a possibilidade de ser cada dia pessoas melhores, tanto para os outros quanto para nós mesmos.

A meditação, um hábito que nos permite viver no presente

Se meditarmos com frequência, uma das mudanças que poderemos apreciar rapidamente é a habilidade de viver no presente, no aqui e agora, deixando de lado os pensamentos perturbadores sobre o passado ou sobre o futuro.

Como dissemos anteriormente, ela não apenas induz a um estado de relaxamento, mas também nos permite conseguir um maior controlo sobre nós mesmos. Graças à meditação conseguiremos dominar as nossas palavras e nossos pensamentos, assim como o diálogo que mantemos interiormente.

 Esta prática irá trazer um grande benefício, pois poderemos compreender melhor as nossas emoções por não envolvê-las em pensamentos negativos e, como consequência, agiremos com mais moderação.
Isto traduz-se num êxito emocional e social, pois o auto-controlo sobre nós mesmos derivará numa melhoria nos nossos relacionamentos, nos nossos projectos e no nosso dia a dia.

Antes de começar a praticar a meditação, é preciso ter consciência de que é preciso ter muito respeito em relação ao tema, pois apesar de não faltarem especialistas e conselhos para praticá-la, nem sempre estes são verdadeiros, pois é uma disciplina que requer um grande exercício intelectual e a ajuda de um instrutor capacitado.

Como já comentamos, a meditação dissolve e liberta os nossos pensamentos, fazendo com que nos concentremos no presente e vençamos o stress e as preocupações. A mente sempre irá querer demonstrar que a consciência está latente, de modo que no início pode ser difícil lidar com as cócegas, a coceira no couro cabeludo ou qualquer outro desconforto.

Seja como for, se ainda não conhece nenhuma prática de meditação e quiser entrar neste mundo que dá tantos benefícios, deve dedicar um tempo para se informar e reflectir sobre o tipo de meditação que mais se adequa a si, aos seus valores, as suas crenças e as suas necessidades. Este, sem dúvida, será o primeiro passo que precisará dar para transformar num hábito esta maravilhosa e muito benéfica prática.

Advertisements

2 thoughts on “A meditação pode renovar o seu cérebro em 8 semanas

    • Bom dia

      Não entendi o sentido da pergunta. A meditação é algo que pode e deveria ser iniciado por todos. O Artigo fala do efeito da meditação no nosso cérebro, ao iniciar o processo de meditação diária, irá usufruir dos benefícios do acto em si.

      Namastê

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s