Buda e a Jovem

maxresdefault.jpg

Encontrava-se Buda perto de um lago. Uma jovem que por lá estava também, abordou-o.

“Não és Buda, o iluminado?”

“Sou Buda sim”, retorquiu.

“Que se faz quando o amor nos parte o coração?” Perguntou a jovem.

“Que se passou para existir tal questão da tua parte?” Disse Buda.

A jovem olhou para o fundo do lago, e enquanto via o seu reflexo na água límpida, largou duas lágrimas.

“Tal como essas lágrimas que caíram no lago, irão dissolver-se, também a tua desilusão irá desfazer-se também” afirmou Buda.

“Meu noivo enganou-me,  fingiu estar doente e agora encontra-se noivo de uma mulher mais velha e horrível” disse a Jovem com tristeza.

“Se fingiu ou enganou, seu coração não era justo e verdadeiro. Se está com alguém assim como descreveste, então fez-tem um favor” disse-lhe Buda.

“Um favor?” Retorquiu a jovem

Buda olhou nos seus olhos e disse: “Pareces ser humilde e pessoa de bom trato, o caminho da felicidade faz-se com o tempo, e se algo de negativo saiu do teu caminho, foi para aprenderes algo e não sofreres. Existem obstáculos para a felicidade, mas tudo é exequível. Se entenderes a lição que te foi dada, estarás mais perto do que pensas”.

A jovem agradeceu e sorriu. Entendeu que tal como a água do lago é imensa em relação às suas lágrimas, também a imensidão da vida poderia proporcionar algo melhor de aprender e saber evoluir, se continuar humilde, simples e cultivando o amor-próprio.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s